‘O Grande Circo Místico’ fica de fora de disputa pelo Oscar de Melhor Filme Estrangeiro

  • Por Jovem Pan
  • 18/12/2018 08h05
Reprodução“O Grande Circo Místico”, de Cacá Diegues, era o filme escolhido para representar o Brasil na premiação

O Brasil está fora do Oscar mais uma vez. “O Grande Circo Místico”, de Cacá Diegues, era o filme escolhido para representar o país na premiação. Mas, o título não entrou na lista de nove finalistas que concorrerão às cinco vagas na categoria Melhor Filme Estrangeiro.

O representante nacional narra a história de cinco gerações de uma mesma família circense, do apogeu à decadência, mesclando realidade e fantasia. O universo místico, no entanto, não encantou os jurados.

A relação com os filmes finalistas foi divulgada pela Academia nesta segunda-feira (17). São eles: o sul-coreano “Em Chamas”; o dinamarquês “Culpa”; “Assunto de Família”, do Japão; “Ayka”, do Cazaquistão; o libanês “Cafarnaum”; o polonês “Guerra Fria”; o longa da Colômbia “Pássaros de Verão”; ainda o alemão “Werk Ohne Autor”, e o favorito “Roma”, filme mexicano de Alfonso Cuarón.

Disponível na grade da Netflix, o representante mexicano é inspirado nas lembranças da infância do diretor e narra a história de uma empregada de origem indígena que vive na casa dos patrões ricos.

Os indicados finais serão conhecidos no dia 22 de janeiro. Esta é a 20ª edição consecutiva que o Brasil fica de fora da categoria. A última vez que o país esteve na lista foi com o filme “Central do Brasil”, em 1999.

A cerimônia de premiação do Oscar ocorrerá em Los Angeles, no dia 24 de fevereiro.

*Informações da repórter Marcella Lourenzetto