Onyx diz que primeiros atos do Governo irão mirar a desburocratização do País

  • Por Jovem Pan
  • 02/01/2019 06h29
Marcelo Camargo/Agência BrasilA tendência é que ao longo desta semana e da próxima sejam editados vários decretos em diferentes áreas

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, adiantou um pouco do que vão ser os primeiros dias do Governo de Jair Bolsonaro.

A tendência é que ao longo desta semana e da próxima sejam editados vários decretos em diferentes áreas. É um expediente que a Presidência da República pode usar para fazer nomeações ou regulamentar leis que já existem, sem ter que passar pela aprovação do Congresso.

Onyx Lorenzoni disse que os primeiros atos da nova gestão vão ser no sentido de desburocratizar o país, o que foi uma das bandeiras levantadas por Bolsonaro na campanha. O objetivo é revogar uma série de instrumentos que, segundo o ministro, atrapalham a vida das pessoas. “A gente brinca internamente que a gente está preparando o ‘revogaço’”, disse.

No sábado passado, o presidente Bolsonaro anunciou que pretende, também por decreto, flexibilizar as regras para se obter a posse de arma de fogo para pessoas sem antecedentes criminais, bem como tornar o seu registo definitivo.

Onyx também foi questionado sobre o reajuste do salário-mínimo, que vai ficar em R$ 998, mas disse que o aumento ainda não deve ser assinado por Bolsonaro nesta semana.

Nesta quarta (02), Bolsonaro já assina uma medida provisória promovendo uma reforma administrativa e redefinindo o número de ministérios. A primeira reunião ministerial está convocada para amanhã (03) de manhã, quando novas medidas devem ser definidas pelo primeiro escalão.

*Informações do repórter Levy Guimarães