Paulo Guedes diz existir lobby contra a reforma da Previdência

Apesar disto, ele afirmou que não tem dúvida de que o tema será aprovado

  • Por Jovem Pan
  • 23/05/2019 08h58
Valter Campanato/Agência Brasil Guedes se queixou das forças contrárias à Proposta de Emenda Constitucional

O ministro da Economia, Paulo Guedes, vê lobby contra a reforma da Previdência em Brasília. Apesar disto, ele não tem dúvida de que o tema será aprovado pelo Congresso com previsão de economia de cerca de R$ 1 trilhão.

Sem mencionar diretamente as categorias de servidores públicos que terão que dar uma quota maior nas alterações do sistema previdenciário, Guedes se queixou das forças contrárias à Proposta de Emenda Constitucional.

Segundo o ministro, é fake news dizer que a reforma vai prejudicar os mais pobres. Ele deu como exemplo o valor da aposentadoria média do Legislativo, em torno de R$ 28 mil, montante que chega a ser 20 vezes superior ao de um cidadão que recebe pelo INSS.

O ministro voltou a defender, com ênfase, o sistema de capitalização previsto na reforma previdenciária, chamado por ele de poupança garantida. Paulo Guedes afirmou que o sistema atual é uma arma de destruição de empregos e acrescentou que o regime quebrou e está condenado.

Em um evento na capital federal ele ainda fez um papel de articulador tentando colocar panos quentes depois de ataques de integrantes do governo que elevaram as tensões entre o Planalto e o Congresso.

Guedes disse que parlamentares reeleitos são legítimos e não devem ser criticados. Com isto tratou de fazer um aceno aos Congressistas às vésperas das manifestações.

*Informações do repórter Daniel Lian