Pesquisa mostra que 93% dos jovens não sabem o nome de um cientista brasileiro

  • Por Jovem Pan
  • 28/06/2019 08h58
PixabayA maior parte dos jovens brasileiros dizem que é difícil distinguir se uma notícia relacionada à ciência é verdadeira ou fake news

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia divulgada nessa semana, mostra a realidade da ciência no Brasil. De acordo com o levantamento, 93% por cento dos entrevistados não conseguiram citar um cientista brasileiro.

O desconhecimento dos jovens sobre ciência fica claro quando questionados sobre temas importantes da atualidade. Para 54% dos entrevistados os cientistas exageram ao falar dos efeitos das mudanças climáticas. Outros 40% não concordam que os humanos são a evolução de outros animais.

O presidente da Fapesp, médico e professor Marco Antonio Zago, diz que a questão não é conhecer cientistas, mas que os jovens entendam qual o papel da ciência no seu dia a dia.

“Para a eletricidade, para a energia, para o suco que ele está tomando. De que forma a ciência e a tecnologia contribuíram para aquilo. É na Educação Básica que precisamos atuar fortemente”.

Para Jacques Marcovitch, professor emérito da FEA-USP, grandes nomes de cientistas brasileiros deveriam ser ensinados na escola.

“Nós vamos trazer a ciência para a juventude quando os livros de história do Brasil reconhecerem o papel que os cientistas deram para o desenvolvimento social, cultural e econômico do nosso país”.

Além disso, a maior parte dos jovens brasileiros dizem que é difícil distinguir se uma notícia relacionada à ciência é verdadeira ou fake news. Em geral, para se informar sobre o assunto, os jovens alegam que usam o Google, o Youtube e o Facebook.

A pesquisa do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia ouviu 2.200 jovens entre 15 e 24 anos em todo o Brasil.

*Com informações do repórter Victor Moraes