Polícia desarticula quadrilha que fazia manutenção de armas para criminosos na zona oeste do RJ

  • Por Jovem Pan
  • 07/08/2018 07h08
Divulgação/Polícia CivilO grupo atuava principalmente na Rocinha, em São Conrado, e nas comunidades Vila Aliança e Coreia, na Zona Oeste

Uma quadrilha especializada na manutenção e venda de fuzis para bandidos do Rio de Janeiro foi desarticulada pela Polícia nesta segunda-feira (06).

O grupo atuava principalmente na Rocinha, em São Conrado, e nas comunidades Vila Aliança e Coreia, na Zona Oeste. Nestes locais, há confrontos entre gangues rivais e entre bandidos, policiais e forças de segurança são permanentes.

As investigações levaram até Marcelo Silva Sales, o Marreco, Leys da Silva Rodrigues, Valéria de Oliveira Almeida e Caroline Silva Campelo Sampaio. Os quatro já tinham sido presos em outra oportunidade.

Segundo as informações do Exército, do gabinete de intervenção e da Polícia Civil, durante o auge da guerra na Rocinha, as gangues rivais de Nem e Rogerio 157, ambos presos, chegaram a montar uma oficina clandestina para manutenção de armas dentro da comunidade.

Polícias e Forças Armadas acreditam que outras franquias para manutenção de armas tenham sido montadas em favelas do RJ e Grande Rio.

*Informações do repórter Rodrigo Viga