Polícia prende chefe do tráfico do Pavão-Pavãozinho; ele teria oferecido R$ 500 mil para não ser preso

  • Por Jovem Pan
  • 04/09/2018 07h09
Agência BrasilNos últimos dias houve muitos casos de conflitos entre policiais e traficantes no complexo de favelas

Polícia do Rio de Janeiro prende chefe de favela da Zona Sul da Capital que teria oferecido R$ 500 mil para não ser detido.

Nesta segunda-feira (03), a PM prendeu Adriano Carneiro Mendonça, conhecido como KG, chefe do tráfico de drogas no complexo de favelas Pavão/Pavãozinho/Cantagalo, entre os bairros de Copacabana e Ipanema.

Segundo os agentes que participaram da prisão, KG ofereceu R$ 500 mil para não ser preso. No entanto, os PMs recusaram a proposta.

Nos últimos dias houve muitos casos de conflitos entre policiais e traficantes no complexo de favelas.

Nesta segunda-feira, o general interventor Braga Netto e o governador Luiz Fernando Pezão assinaram o processo de transição para o fim da intervenção federal, que acaba, na prática, em 31 de dezembro. O processo de transição vai até meados de 2019.

*Informações do repórter Rodrigo Viga