Polícia prende dois acusados de assaltar casa do presidente da Câmara de Barueri, na Grande SP

  • Por Jovem Pan
  • 05/09/2018 06h05
Montagem/Divulgação'Vitinho' (esquerda) indicou um imóvel na Rua Ribeirão do Custódio, no bairro Morro Grande, na Zona Norte, onde foi preso Edgar Müller (direita)

Preso homem acusado de liderar assalto à residência do presidente da Câmara Municipal de Barueri, na Grande São Paulo.

Vitor Alves Andrade, o Vitinho, de 22 anos, foi detido nesta terça-feira (04) por agentes da Delegacia de Investigações Sobre Roubo e Latrocínio, do Deic.
 Ele é apontado como mentor do ataque sofrido pelo vereador Sebastião Carlos do Nascimento, o Carlinhos do Açougue, no dia 11 de abril.

O político foi parado em uma falsa blitz na Estrada Velha de Itapevi, no município de Jandira, na mesma região, quando foi rendido e obrigado a levar os criminosos disfarçados de policiais até o condomínio fechado onde reside.

Uma vez na casa, eles dominaram também os familiares do presidente da Câmara de Barueri e fugiram, levando dinheiro, celulares e um veículo. Não houve feridos na ação.

Após investigações, agentes da Primeira do Patrimônio obtiveram informações sobre o nome falso e veículo que eram utilizados por Vitinho, além de locais onde ele frequentava, passando a monitorá-lo.

Na tarde desta terça, o criminoso foi localizado quando seguia pela Marginal do Tietê, na região da Lapa, Zona Oeste da Cidade, ao volante de um Fiat 500. 
Ele tentou fugir ao cerco, mas acabou detido na Ponte do Piqueri.

Vitinho indicou um imóvel na Rua Ribeirão do Custódio, no bairro Morro Grande, na Zona Norte, onde foi preso Edgar Müller, de 47 anos. 
No local, ele armazenava uma pistola 9 mm, além de munições de vários calibres, inclusive para fuzis.

Também foram encontrados um par de algemas, um foguete tipo morteiro, de uso militar, capa de colete balístico, uma jaqueta tática e três tijolos de cocaína.

Ambos foram autuados em flagrante por porte de arma e tráfico de drogas. 
Andrade também recebeu voz de prisão preventiva em cumprimento ao mandado expedido pela Justiça relacionado ao assalto contra o presidente da Câmara de Barueri.

*Informações do repórter Paulo Édson Fiore