Policiais rodoviários são baleados por ladrões de carga no interior de São Paulo

  • Por Jovem Pan
  • 10/07/2019 08h22
Divulgação/SSPOs reféns foram libertados sem ferimentos e o caminhoneiro que havia sido sequestrado foi liberado também ileso

Uma quadrilha foi presa após balear policiais rodoviários federais e manter onze pessoas como reféns em um restaurante no interior de São Paulo.

O bando foi flagrado no final da manhã desta terça-feira (9) no momento em que rendia o motorista de um caminhão no quilômetro 352 da Rodovia Régis Bittencourt, no município de Miracatu. O alvo era uma carga de defensivos agrícolas avaliada em 998 mil reais.

Fortemente armados, os bandidos dominaram a vítima, que foi transferida para outro veículo e levada como refém. A ação foi testemunhada por uma equipe da Polícia Rodoviária Federal e, assim que os agentes desceram da viatura para fazer a abordagem, os criminosos dispararam tiros de fuzil, atingindo as pernas de dois dos policias.

A Polícia Militar foi alertada da ocorrência e da fuga, passando a efetuar buscas aos bandidos, com apoio do helicóptero Águia.

Dois veículos pertencentes à quadrilha foram localizados na Rodovia SP-079, que liga a Régis Bittencourt à região metropolitana de Sorocaba. Os bandidos abandonaram os carros, que foram incendiados, e roubaram a picape de uma família para prosseguir na fuga, que durou cerca de 130 quilômetros.

Durante o trajeto, os criminosos dispararam contra a aeronave da PM, na tentativa de derrubá-la.

A perseguição terminou no quilômetro 136 da SP079, em Piedade, onde os seis suspeitos invadiram um restaurante e fizeram onze pessoas como reféns, entre clientes e funcionários.

Homens do GATE, o Grupo de Ações Táticas Especiais da PM, foram acionados e assumiram as negociações, que se prolongaram por três horas até que os assaltantes concordassem em se entregar.

Os reféns foram libertados sem ferimentos e o caminhoneiro que havia sido sequestrado foi liberado, também ileso, no município de Juquiá. Com os detidos foram apreendidos três fuzis , além de munições e coletes balísticos.

O caso foi registrado na Delegacia Seccional da Polícia Civil de Sorocaba.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, os dois agentes feridos foram medicados e estão fora de perigo.

*Com informações do repórter Paulo Édson Fiore

  • Tags: