Prefeitura de SP intensifica ações de imunização contra a febre amarela

  • Por Jovem Pan
  • 12/02/2019 07h04
EFE/Fernando Bizerra Jr.A vacina contra a febre amarela leva 10 dias para garantir proteção efetiva e é indicada para pessoas a partir dos nove meses de idade

A confirmação da contaminação de um macaco por febre amarela no zoológico de São Paulo fez com que a Prefeitura intensificasse as ações de imunização na zona sul da cidade. O zoológico é rodeado pelos bairros do Cursino, Jabaquara e Sacomã, que totalizam uma cobertura média de 53% da população.

O índice fica abaixo da cobertura vacinal da cidade, de 77% e também da meta estipulada pelo Ministério da Saúde que orienta que pelo menos 95% da população esteja imunizada.

No sábado e domingo, a Secretaria Municipal da Saúde montou um posto na entrada do zoológico para intensificar a vacinação e orientar os visitantes. Quase 600 pessoas tomaram a dose da vacina.

E para reforçar a proteção da população, nesta semana, agentes de saúde farão visitas casa a casa no entorno do parque, como explicou a coordenadora de imunização da secretaria municipal de São Paulo, Maria Lígia Nerger.

Nesta segunda-feira, a educadora física, Alita Pazetto Rancoleta e o marido trouxeram os dois filhos para visitar o zoológico. Eles são de Vinhedo, e antes de fazer o passeio, garantiram que os pequenos estivessem protegidos contra a febre amarela.

O analista de logística, Luís Renato Nagano, mora próximo ao Jardim Botânico e costuma se exercitar ao ar livre, na região. Preocupado com o recente surto da doença, ele garantiu a imunização no fim do ano passado.

A Secretaria Municipal de Saúde ressaltou que a vacina continua disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde da capital de segunda a sexta-feira e aos sábados nas AMA/UBS integradas na cidade.

A vacina contra a febre amarela leva 10 dias para garantir proteção efetiva e é indicada para pessoas a partir dos nove meses de idade.

*Informações da repórter Natacha Mazzaro