Primeiro Homo Sapiens encontrado fora da África era grego e tem até 210 mil anos

  • Por Jovem Pan
  • 11/07/2019 08h28
PixabayEvolução humana

Uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira (10) indica que o Homo sapiens mais antigo encontrado fora do continente africano era grego e tem até 210 mil anos. A descoberta antecipa a chegada da espécie na Europa. Até então, acreditava-se que o Homo sapiens havia chegado ao continente há 70 mil anos atrás.

O fragmento de crânio foi encontrado na Grécia em 1978, mas até então era catalogado como pré-Neanderthal.  Com o uso de técnicas de datação mais modernas, cientistas conseguiram atualizar o material genético do fóssil e reclassificá-lo.

Homo sapiens é o nome dado à espécie dos seres humanos modernos, que surgiu há cerca de 350 mil anos na África. A nova descoberta reforça a ideia de os humanos deixaram o continente africano mais cedo do que se pensava.

Além disso, novos estudos apontam que a área de dispersão das primeiras migrações também é muito maior do que se acreditava. No entanto, os Homo sapiens que se desenvolveram fora da África há mais de 60 mil anos desapareceram completamente e não deixaram descendentes.

*Com informações da repórter Larissa Coelho