Projeto que autoriza venda de distribuidoras da Eletrobras avança no Senado

  • Por Jovem Pan
  • 05/09/2018 07h17
Agência BrasilA matéria, que já passou pela Câmara, resolve pendências judiciais buscando atrair mais investidores

O projeto que autoriza a venda de distribuidoras da Eletrobras foi aprovado em duas comissões do Senado.

A matéria, que já passou pela Câmara, resolve pendências judiciais buscando atrair mais investidores. Nos leilões, o lance mínimo vai ser de R$ 50 mil por cada uma, podendo participar empresas brasileiras e estrangeiras, incluindo instituições financeiras.

No projeto original, seriam vendidas seis distribuidoras no Norte e no Nordeste. Juntas, elas acumulam prejuízo de R$ 22 bilhões em vinte anos.

Mas a nova versão do texto retira a privatização da Amazonas Energia. De acordo com o relator, o senador amazonense Eduardo Braga, do MDB, a mudança foi feita em acordo com o governo.

O projeto já foi aprovado pelas Comissões de Infraestrutura e de Assuntos Econômicos. Antes de ir ao plenário, precisa passar pela Comissão de Constituição e Justiça.

A previsão é que a votação final só aconteça depois das eleições, em outubro. Antes, o Senado tem duas semanas de esforço concentrado.

*Informações do repórter Levy Guimarães