Quatro em cada 10 brasileiros são contrários ao aborto em qualquer situação

  • Por Jovem Pan
  • 11/01/2019 06h35
PixabayA legislação atual permite o procedimento em casos de anencefalia, quando há risco à vida da mãe e em casos de estupro

Quase metade dos brasileiros são contrários a qualquer tipo de aborto no país e defendem ajuda financeira para vítimas de estupro. De acordo com um levantamento do Datafolha, quatro a cada 10 brasileiros são contra o aborto mesmo nos casos permitidos pela lei brasileira.

A legislação atual permite o procedimento em casos de anencefalia, quando há risco à vida da mãe e em casos de estupro. Para 34% dos brasileiros ouvidos pela pesquisa, as regras devem permanecer como estão hoje e para 16%, o aborto deveria ser permitido em mais situações do que o previsto. Apenas 6% defenderam o procedimento em qualquer situação.

A legalização total do aborto foi defendida por pessoas com mais de 10 salários-mínimos e com ensino superior completo. Em relação aos que opinaram que a prática deveria ser totalmente proibida, a maioria disse ter renda de até 2 salários-mínimos e ensino fundamental.

O levantamento também mostrou que 46% dos brasileiros defendem algum tipo de ajuda financeira para os casos de gravidez ocasionada por estupro. As pessoas que concordaram com essa medida declararam ter renda de até 2 salários-mínimos e ensino fundamental.

O Datafolha ouviu 2.077 pessoas com 16 anos ou mais em 130 cidades entre 18 e 19 de dezembro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%.

*Informações da repórter Nanny Cox