Registros de tuberculose voltam a crescer no Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 15/04/2019 07h16
Agecom BahiaO Ministério da Saúde justifica que os registros de tuberculose são resultados da queda de investimentos no sistema público

Infecções por tuberculose voltaram a crescer no Brasil nos últimos dois anos. Em 2018, quase 73 mil novos casos foram registrados. O Ministério da Saúde cita a crise econômica como um dos motivos para a elevação dos números.

A pasta justifica que os registros de tuberculose são resultados da queda de investimentos no sistema público.

O infectologista do Hospital das Clínicas de São Paulo, Max Igor Ferreira Lopes, concordou com a conclusão e explicou que o diagnóstico está mais evoluído. Ele destacou também o baixo índice de cura da tuberculose nos últimos anos.

Apenas sete em cada 10 infectados conseguem se recuperar da doença. Uma das justificativas é o longo tratamento de, pelo menos, seis meses.

O médico da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, Marcelo Rabahi, alertou que os jovens adultos são os que mais correm o risco de contrair a doença.

A doença, altamente contagiosa, tem transmissão pelo ar. Os principais sintomas são febre baixa no fim do dia, suor noturno e perda de peso. Mas o principal é a tosse com ou sem catarro. Quem estiver tossindo por três semanas seguidas, ou mais, deve procurar um médico.

Tanto o diagnóstico, quanto o tratamento estão disponíveis na rede pública.

*Informações da repórter Natacha Mazzaro