Rodovia Mogi-Bertioga permanece fechada por motivo de segurança

  • Por Jovem Pan
  • 28/04/2018 12h45
Jonny Ueda/Estadão ConteúdoInterdição da Rodovia Mogi-Bertioga já dura 17 dias por conta de um deslizamento de terra no Km 89

Durante todo o feriado prolongado do Dia do Trabalho a rodovia Mogi-Bertioga, que liga a região metropolitana ao litoral norte de São Paulo, vai permanecer fechada. A interdição, que já dura 17 dias, ocorre por causa de um deslizamento de terra que derrubou o muro de contenção e atingiu a pista.

Foi a oitava queda de barreira no ano e a terceira vez em 3 meses que a Mogi-Bertioga é fechada, sempre no mesmo trecho no km 89 da rodovia. Inclusive, no dia 11 desse mês, uma pedra de 200 toneladas rolou morro abaixo e foi parar no meio da pista por causa das fortes chuvas. Ainda restam 6 pedras grandes, que estão a 200 metros de altura e precisam ser fragmentadas.

Nessa semana, o Departamento de Estradas e Rodagem (DER), a Defesa Civil do Estado de São Paulo e a Policia Rodoviária realizaram uma vistoria técnica no Km 89 da rodovia Mogi-Bertioga, e decidiram manter a interdição até que a situação se estabilize.

A expectativa é que estes serviços sejam realizados em no mínimo cinco dias. Somente depois da conclusão dos trabalhos, os órgãos estaduais e municipais vão realizar uma nova vistoria e avaliar a possível liberação da pista.

Com a Mogi-Bertioga fechada, os motoristas devem adotar outras rotas para o litoral. Aqueles que seguem sentido São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba podem utilizar a Rodovia dos Tamoios e a Rodovia Oswaldo Cruz. Já para os condutores que pretendem ir para o Guarujá e Bertioga, a opção é a Via Anchieta e a Rodovia dos Imigrantes.

*Com informações do repórter Vitor Moraes