Saneamento básico foi tema pouco discutido por candidatos nestas eleições

  • Por Jovem Pan
  • 29/10/2018 06h27
Agência BrasilPedro Scazufca, consultor do instituto Trata Brasil, disse que mesmo com a grande responsabilidade, o Brasil está atrasado na área

A campanha eleitoral chegou ao fim, mas temas importantes para o desenvolvimento de Brasil ficaram praticamente de fora dos discursos e debates. Um desses assuntos é o saneamento, que muito além de ser uma questão isolada, passa pelas três esferas: federal, Estados e municípios.

Pedro Scazufca, consultor do instituto Trata Brasil, disse que mesmo com a grande responsabilidade, o Brasil está atrasado na área, especialmente na questão do esgotamento sanitário.

O consultor acrescenta, ainda, que em comparação com outros países vizinhos, com condições semelhantes às nossas, a cobertura de saneamento é melhor.

Segundo dados do instituto Trata Brasil, somente 45% do esgoto gerado no País passa por tratamento. Isso significa que são despejados na natureza quase seis mil piscinas olímpicas de esgoto todos os dias.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações do repórter Fernando Martins