“Se tratou de uma pessoa desequilibrada”, diz Dom Odilo Scherer sobre agressão

  • Por Jovem Pan
  • 25/03/2016 12h44
São Paulo- SP- Brasil- 02/04/2015- Missa de Lavapés, na igreja catedral da Sé, região central da cidade. A cerimônia religiosa faz parte da celebrações da semana santa na capital paulista. A missa foi celebrada pelo Cardeal Dom Odilo Scherer. Foto: Paulo Pinto/ Fotos PúblicasDom Odilo Scherer (Fotos Públicas)

O arcebispo de São Paulo, Dom Odilo Scherer, foi agredido na manhã de quinta-feira (24), durante missa que marcou o início das celebrações de Páscoa na Catedral da Sé, no centro de SP. Falando à reportagem durante participação da 49ª Edição do Sermão da Paixão segundo a Jovem Pan, o arcebispo disse que está bem e que “não houve problemas maiores”.

“Ali se tratou de uma pessoa desequilibrada que, durante a missa, se manifestou aos gritos em diversos momentos e foi acalmada. No final da missa, já tinha terminado a missa, os padres estavam saindo para a sacristia e fui ouvi-la. Ela chegou perto do altar, eu fui acalmá-la para dizer que a atenderia na sacristia. Ela não se acalmou, continuou gritando e eu saí para acompanhar a procissão de saída. Foi aí que ela avançou e eu caí. Ela continuou a gritar e estava totalmente fora de si”, explicou.

Os dois caíram no chão e pessoas que estavam próximas tiveram de retirar da mão da mulher os óculos de Dom Odilo. O incidente ocorreu após a celebração da comunhão, que contou com a presença de 400 padres da Arquidiocese de São Paulo, que renovaram seus votos sacerdotais.

Confira abaixo o vídeo do momento da agressão: