Secretaria de Saúde de SP alerta sobre vacinação contra febre amarela

  • Por Jovem Pan
  • 19/06/2018 06h42
Rovena Rosa/Agência BrasilCento e nove cidades que até então não estavam no mapa de recomendação da vacina foram contempladas

Com a chegada das férias o alerta para que paulistas ainda não imunizados se vacinem contra a febre amarela antes das viagens aumenta.

A Secretaria de Estado da Saúde intensificou e ampliou a vacinação em todo o território do Estado de São Paulo. Para quem pretende viajar a indicação é que a vacina seja tomada com dez dias de antecedência para garantir proteção efetiva.

Mas, de acordo com Helena Sato, diretora de Imunização da Secretaria, as vacinações não devem ficar limitadas aos viajantes. “Se há 10 anos a gente só chamava quem fosse viajar para outros Estados, hoje o Estado e todos os municípios têm indicação para tomar a vacina”, disse.

Cento e nove cidades que até então não estavam no mapa de recomendação da vacina foram contempladas. Nesses locais, estão disponíveis, inicialmente, as doses fracionadas da vacina.

Helena Sato ressaltou que a dose fracionada tem a mesma eficácia da dose integral. O objetivo da ampliação é aumentar a cobertura vacinal para garantir a proteção de toda a população contra a doença.

Embora a proporção de casos e óbitos humanos apresentem queda, dados das mortes de macacos evidenciam que o vírus continua circulando no território. Até o momento 760 casos envolvendo macacos foram confirmados.

Ainda de acordo com Helena Sato, a identificação das mortes de macacos é fundamental para apontar o local de circulação do vírus.

Todas as regiões estão abastecidas para distribuição de doses nos postos de vacinação, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde. Somente em 2018, já foram vacinadas contra febre amarela mais de 7 milhões de pessoas.

*Informações da repórter Larissa Coelho