Segunda fase da Fuvest tem “limites da arte” como tema da redação

  • Por Jovem Pan
  • 08/01/2018 06h49
USP ImagensCom o tema "Os limites da arte", os alunos tiveram que apresentar um texto em torno de exposições que tanto repercutiram no país, entre elas, a do "QueerMuseu"

O primeiro dia da segunda fase da Fuvest, processo seletivo da Universidade de São Paulo, trouxe na redação uma grande polêmica do ano passado.

Com o tema “Os limites da arte”, os alunos tiveram que apresentar um texto em torno de exposições que tanto repercutiram no país. Entre elas, a do “QueerMuseu”, que apresentava obras sobre gênero e sexualidade e foi suspensa pelo Santander Cultural de Porto Alegre após protestos que consideravam que a arte promovia pedofilia, zoofilia e blasfêmia.

A professora de português e consultora da Jovem Pan, Cintia Chagas, aprovou o tema, mas recebeu com surpresa a escolha da Fuvest: “achei o tema surpreendente para a Fuvest, porque ela geralmente pede temas mais filosóficos e metafísicos”.

Além da redação, o primeiro dia da segunda fase da Fuvest também teve questões de português. Foram convocados 19.690 candidatos que concorrem a uma das 8.402 vagas oferecidas nos cursos da USP.

Nesta segunda-feira, a prova será das disciplinas: História, Geografia, Matemática, Física, Química, Biologia e Inglês. Já na terça-feira (09), a prova terá questões das disciplinas de acordo com a carreira escolhida.

*Informações do repórter Vinicius Moura