Vale começa a cadastrar moradores e trabalhadores de Brumadinho para receber doações

  • Por Jovem Pan
  • 11/02/2019 07h00
EFESegundo a mineradora, serão pagos R$ 15 mil aos trabalhadores e R$ 50 mil a quem vivia na região

A Vale começa a cadastrar nesta segunda-feira (11) os moradores ou pessoas que desenvolviam atividades produtivas ou comerciais em Brumadinho e que foram afetados pelo rompimento da barragem. Todos eles vão receber o que a empresa chama de “doação”.

Segundo a mineradora, serão pagos R$ 15 mil aos trabalhadores e R$ 50 mil a quem vivia na região. O dinheiro será entregue a apenas um morador por casa, ou seja, cada família terá que escolher um integrante que vai receber a doação.

Segundo Claudio Alves, líder do Grupo de Resposta Imediata da Vale, esse pagamento é apenas para quem estava na chamada “Zona de Autossalvamento”.

A Vale afirmou que o valor não é uma antecipação da indenização, que ainda será estipulada pela Justiça.

Claudio Alves, representante da Vale, explicou que os moradores terão que ir à Estação do Conhecimento de Brumadinho, com os documentos que comprovem a relação com a zona de autossalvamento. O depósito será feito em até sete dias, depois que o registro for aprovado.

Além do dinheiro para quem vive nessa área, a Vale informou também que já está pagando R$ 100 mil a cada uma das famílias que tem algum integrante morto ou desaparecido.

Segundo o último balanço divulgado pela mineradora na semana passada, mais de 100 pessoas já tinham recebido esse valor.

*Informações do repórter Vitor Brown