31 de março de 64: golpe ou ‘não golpe’? Confira o debate da bancada do Morning Show

  • Por Jovem Pan
  • 26/03/2019 11h25
EFEPresidente Jair Bolsonaro recomendou que militares façam comemorações no dia 31 de março

O presidente Jair Bolsonaro determinou ao Ministério da Defesa que sejam feitas as comemorações devidas no próximo domingo, 31 de março, data que marca os 55 anos do golpe que deu início ao regime militar no Brasil.

A informação foi divulgada pelo porta-voz da Presidência da República, general Otávio Rêgo Barros nesta segunda (25). De acordo com o general, a data deve ser lembrada de forma discreta, apenas dentro dos quartéis e batalhões, seguindo uma orientação da cúpula militar, que teria convencido o presidente sobre a necessidade de evitar manifestações públicas.

Para Bolsonaro, não houve golpe em 31 de março de 1964. O capitão reformado considera que a sociedade reunida naquele momento, por meio da união de civis e militares, colocou o Brasil no rumo.

O assunto foi colocado em pauta para a bancada do Morning Show nesta terça-feira (26) e o debate foi intenso. Assista abaixo: