Contra estresse, médico mandou Sérgio Mallandro se masturbar em ‘A Fazenda’

  • Por Jovem Pan
  • 05/12/2018 13h17
Johnny Drum - Jovem PanO humorista defendeu Silvio Santos e disparou contra politicamente correto: 'Eu acho que as pessoas perderam um pouco a noção da sensibilidade, do humor'

O humorista Sérgio Mallandro fez uma revelação pra lá de inusitada em sua participação no programa Morning Show desta quarta-feira (05). Participante da terceira edição do reality show “A Fazenda”, o humorista confessou que seu médico receitou masturbação como remédio de combate ao estresse do confinamento.

Com mais de 30 anos de carreira, Mallandro explicou que, antes de entrar no programa, ele ficou preocupado com a possibilidade de ter uma crise nervosa durante o reality e pediu algum medicamento que pudesse ajudar na situação. “O médico falou: ‘Melhor remédio é masturbação’. Juro por deus”, disse.

“Cheguei [na fazenda] e logo de cara virei fazendeiro. Na primeira semana, no terceiro dia, me deu um estresse, aí eu ia tomar meu remédio, mas a Nany People bateu na porta dizendo: a vaca não deu leite. Aí eu respondi: ‘nem a vaca nem eu, nunca mais bate na porta do fazendeiro’”, brincou.

Silvio Santos

Durante o programa, Sérgio Mallandro também saiu em defesa do ex-patrão Silvio Santos. Ele comentou a polêmica do suposto de assédio do proprietário do SBT a cantora Claudia Leitte durante o Teleton, no início de novembro. “Ele fez uma brincadeira ali sobre ter ficado excitado, era mentira. Ele foi brincar. Tudo bem que ele deu uma escorregada, mas é um cara de 87 anos. Ele está dando 32 milhões ali pra AACD. O cara está dando o espaço da TV dele ali, podia estar lucrando”, defendeu.

Ainda sobre o apresentador, o humorista afirma que “na TV tem aquilo de todo mundo pegar todo mundo”, mas apesar disso, nunca viu Silvio Santos “pisar na bola”. “Eu acho que as pessoas perderam um pouco a noção da sensibilidade, do humor, cheio de mimimi, ‘afrescurado’, ninguém pode brincar mais nada”, disparou.

Em seu show de Stand Up em cartaz em São Paulo, o “A Terapia da Alegria”, Mallandro conta casos que viveu durante a carreira, incluindo os 15 anos que passou no SBT ao lado do apresentador. Para ele, o chefe do Sistema Brasileiro de Televisão “é a pessoa mais correta e decente que eu já conheci”, concluiu.