Leia: Homem melhora a vida usando senhas inspiradoras

  • Por Jovem Pan
  • 28/07/2014 18h59
Reprodução

No Jovem Pan Morning Show de hoje, Gustavo Poloni falou sobre um cara que usou a senha do seu computador como forma de estabelecer metas, combatendo a depressão e conquistando tudo aquilo que imaginou para sua vida. Segue o texto do próprio Mauricio Estrella que é diretor criativo da plataforma Education First, tem 31 anos e mora na China.

Uma voz em minha cabeça repetia “como ela pôde fazer isso?”. Em 2011, quando tudo tinha degradê e os ícones do iOS faziam sentido, eu estava afundado em uma depressão por conta do meu divórcio.

Um dia, no escritório, dei de cara com a maldita mensagem “sua senha expirou”. No meu trabalho, o servidor está configurado para pedir que alteremos as senhas a cada 30 dias. E precisamos usar ao menos uma letra maiúscula, uma minúscula, um símbolo e um número. Ah, pior ainda: não podemos usar nenhuma senha que tenhamos usado nos últimos três meses. Bom, ali estava o cursor piscando, esperando a senha que, pelos próximos 30 dias, eu usaria diariamente. Quando a frustração finalmente passou, decidi que usaria aquela senha para mudar a minha vida.

Era óbvio que o meu mau humor crônico estava me atrapalhando. Resolvi usar a senha como um lembrete de que eu não podia me transformar na vítima da minha separação. Escolhi então Perdoe@el4. Tinha que digitar isso várias vezes por dia. Toda vez que meu protetor de tela com a foto dela aparecia. Toda vez que eu voltava para o escritório depois de almoçar sozinho. Essa atitude mudou como eu enxergava a minha ex-mulher. Aquele lembrete constante de que devia perdoá-la me levou a um novo jeito de lidar com a depressão. Meu humor melhorou drasticamente.

Um mês depois, meu querido servidor me pediu novamente para atualizar a senha. Logo pensei na próxima coisa que queria fazer. Escolhi P4re@defumarprasempre. E parei de fumar de um dia para o outro. Continuei fazendo a mesma coisa todo mês. Aqui estão algumas senhas que utilizei nos últimos dois anos:

Convideel@pras4ir ← funcionou. Me apaixonei de novo.

Sem@lcool2meses ← funcionou. Me sinto bem melhor.

Arrume@1gato ← funcionou. Tenho um gato lindo.

Coma2vezes@odia ← nunca funcionou, continuo gordo.

Ligueparamae@d0mingo ← funcionou.

Compre1@aneldenoiv4ado ← pois é, minha vida logo deve mudar bastante.

Quer saber mais? O texto na íntegra você confere no site da Revista Galileu . Incrível!