Mesmo com liderança em pesquisas, Jair Bolsonaro pede mais engajamento a aliados

  • Por Jovem Pan
  • 25/10/2018 11h46
Agência EFE"Os nossos parlamentares eleitos estão com engajamento muito fraco. Eu apelo aos parlamentares que entrem nessa briga”, cobrou

Em transmissão ao vivo nas redes sociais, o candidato do PSL agradeceu o apoio dos eleitores, mas pediu que os mais de 50 políticos do seu partido que foram eleitos não ajam como se a eleição estivesse ganha e que mantenham a campanha em prol de sua candidatura.

“Os deputados da esquerda estão mobilizados, o tempo todo difundindo essas mentiras. Os nossos parlamentares eleitos estão com engajamento muito fraco. Eu apelo aos parlamentares que entrem nessa briga”, disse. O presidenciável engrossou o discurso com os parlamentares eleitos pelo PSL: “Pô, vocês sabem que se elegeram, os 52 do meu partido, em grande parte pelo meu trabalho para presidente da república, vocês têm também o mérito de vocês […] a eleição não está decidida, está ok? ”, concluiu.

Seguindo à risca o pedido do candidato, o empresário Roberto Justus, conhecido por sua participação nos programas de TV O Aprendiz, A Fazenda e Power Couple, além da sua carreira a frente de empresas do Grupo Newcomm, declarou, em vídeo, apoio a Bolsonaro e enfatizou a importância da alternância de poder.

Para Joel Pinheiro o pedido de Bolsonaro foi sensato. “Pois é, você vê aí que o clima de já ganhou é muito perigoso para uma candidatura, porque se ele acha que já ganhou, as pessoas se desmobilizam e a virada [de Fernando Haddad] fica possível. Bolsonaro está corretíssimo”, analisou.