Quer dar uma pausa na rotina? Jornalista lança livro contando experiência sabática e rebate fórmulas

  • Por Jovem Pan
  • 13/05/2019 11h52
Jovem PanPatrick Santos foi o convidado do Morning Show desta segunda (13)

O jornalista Patrick Santos trabalhou por mais de 20 anos no Grupo Jovem Pan, passou por diversos programas e ajudou a colocar alguns jornais na grade. Mas em determinado momento sentiu que era hora de desacelerar.

“Quando você é jovem, vai abraçando tudo, já trabalhei por mais de 12, 14 horas, é legal, mas chega o momento que você precisa olhar pra isso. Estou com 45 anos e senti a necessidade de dar uma parada”, contou ao Morning Show desta segunda-feira (13). O jornalista lança hoje o livro “45 do Primeiro Tempo – o que o sabático me ensinou sobre propósito de vida e carreira”.

“Eu já estava com uma carreira bem sucedida, mas sentia que precisava olhar para outras potencialidades, que muitas vezes a gente não percebe que tem. Você é engolido pela rotina e eu precisava de uma oxigenada, senti que podia ter um outro olhar se fizesse isso”, disse Santos.

E ele teve mesmo. Ao invés de largar tudo e viajar pelo mundo, Patrick afirma que sua imersão foi interna. “Tem o mito de que sabático você precisa atravessar o mundo, ir para a Tailândia ou Índia, mas eu priorizei ficar em São Paulo. A viagem que eu fiz foi interna”.

Aliás, o livro do jornalista pretende justamente tirar o véu de diversos mitos que envolvem a experiência de dar uma pausa na carreira profissional, principalmente aquele de que é “coisa de rico”.

“É claro que você precisa de ter um planejamento mínimo, eu reduzi em pelo menos na metade os meus custos, vendi o meu carro, me planejei para dar essa parada. Mas se eu quisesse viajar, os custos seriam outros, então tudo isso tem que pesar”, explicou.

A ideia de escrever o livro surgiu das novas possibilidades abertas com o período sabático e Santos diz que não vende a ideia de “fórmulas”, mas sim de reflexões sobre a vida cotidiana.

“Eu fujo muito de fórmulas, não tem nada disso. Meu livro traz a minha história e as pessoas podem de ver na minha história de alguma maneira. Eu não trago dicas ou caminhos de como fazer o seu sabático, fui verdadeiro”.