Sexóloga garante: homem também finge orgasmo

  • Por Jovem Pan
  • 06/12/2018 11h57
ReproduçãoAssim como as mulheres, homens também fingem orgasmo para agradar parceiros ou manter aparências

Quando o assunto é fingir orgasmo, é comum associar a encenação à performance sexual de mulheres. Porém, a sexóloga Paula Napolitano garante que os homens também fingem gozar. Napolitano ressalta que, diferente do que se pensa, há uma pressão sobre homens para que eles estejam sempre dispostos ao sexo e sempre cheguem ao orgasmo ou ejaculem – o que não é a mesma coisa.

“A ansiedade rola, o cara finge antes da hora. E às vezes ele tentou e tentou, mas não deu. Os filmes pornô têm um pouco [de responsabilidade] nessa pressão de que o ápice [da relação sexual] é gozar”, explica a sexóloga.

Ela também aponta que é comum que homens não tenham vontade de transar por cansaço, por estarem bêbados ou terem problemas com libido, alguns causados por uso de remédios para transtornos mentais, por exemplo. Napolitano conta, ainda, que há jovens que começam sua vida sexual já fazendo uso de remédios para ereção. Para ela, essa busca por remédios para alterar o desempenho sexual nasce da insegurança que a pressão sobre o homem quanto a transa.

Não chegar ao orgasmo ou não gozar pode ser tão tabu quando broxar. Napolitano conta que homens têm dificuldade de falar sobre o assunto porque, às vezes, as parceiras ou parceiros, acabam assumindo alguma responsabilidade sobre a “falha”.

“O ideal é tentar conversar, mas às vezes vale a pena respeitar o momento da pessoa [no pós sexo imediato]. O que acontece e que [faz] os homens evitarem falar sobre isso é cobrança: ‘você não gosta de mim’, ‘você não tem prazer comigo’, ataques, sabe? O importante é conversar, não pensar que a culpa é sua [pelo não orgasmo do outro], mas [que é] uma coisa comum, um dia cansativo, etc”, conclui.

Assista alguns trechos do papo com Paula Napolitano: