Catia Paganote diz que já transou usando chapéu de paquita e ainda recebe propostas indecentes

  • Por Jovem Pan
  • 12/02/2019 14h46 - Atualizado em 13/02/2019 15h15
Jovem PanCatia Paganote foi a convidada do Pânico nesta terça-feira (12)

A ex-paquita Catia Paganote ficou famosa nos anos 1980 e 1990 por ser assistente de palco de Xuxa durante a fase de ouro da apresentadora. Apesar de não ser mais paquita há décadas, a Miúxa contou que ainda é lembrada pelos anos na TV – inclusive na hora do sexo. “Já fiz até com o chapéu de paquita”, revelou Catia em entrevista ao Pânico nesta terça-feira (12). “Perguntei ‘como você quer?’ e ele falou que queria daquele jeito, aí foi só no ilariê”, contou.

Apesar de acreditar que as paquitas não eram sexualizadas, Catia Paganote disse que já recebeu muitas propostas indecentes. “Recebo até hoje”, afirmou. Uma das piores foi quando ela recebeu um cheque de R$ 20 mil em uma bandeja. “Eu rasguei”, contou.

Ao contrário do que muita gente pode imaginar, Miúxa não quer se distanciar do título de paquita. “Paquita foi o ícone da minha vida, foi o grande momento. Estou aqui porque eu fui paquita”, explicou. Ela ainda falou que tinha uma relação muito boa com Xuxa. “A patroa era a Marlene [Mattos, produtora], a Xuxa era amiga”, afirmou.

Tanto que a apresentadora até participa do grupo das ex-paquitas no WhatsApp. “A gente manda de tudo, você não tá entendendo as coisas que a Xuxa manda no grupo”, contou Miúxa.

“A Fazenda”

No ano passado, Catia Paganote foi uma das participantes de “A Fazenda”, mas acabou expulsa do reality show depois de agredir Evandro Santo. Apesar da expulsão, ela não perdeu o cachê pela participação. “A Record tem consciência”, disse. “Eu não achei justa [a expulsão], mas era o que tinha que ser feito pelo que o programa é”, refletiu.

Na casa, ela virou assunto quando deu a entender que tinha uma doença e pouco tempo de vida. Mas, na verdade, a ex-paquita se expressou mal quando quis dizer que a vida é curta. “Eu não tinha doença nenhuma. Minha família toda morre cedo de câncer, pressão alta, então eu fico com medo”, explicou.