Fefito diz que Ju Isen era aposta para “A Fazenda”, mas não deve participar por “assustar o público”

  • Por Jovem Pan
  • 02/03/2017 14h25
Johnny Drum/ Jovem Pan

Está precisando se atualizar no mundo do entretenimento? Fernando Oliveira, mais conhecido como Fefito, passou pelo Pânico na Rádio nesta quinta-feira (2) para contar as últimas do mundo dos famosos e ainda opinou sobre os limites das fofocas.

Relembrando os maiores bafafás do Carnaval, Fefito contou uma bomba: Ju Isen, que causou polêmica ao mostrar o ânus ao vivo na RedeTV, estava cotada para participar de “A Fazenda”, mas o momento na TV aberta pode ter sido o suficiente para o convite ser retirado.

“Ela era a grande aposta para a ‘Fazenda’ desse ano, mas não sabem mais se a querem [no programa] porque acham que ela pode assustar o público”, revelou o jornalista.

Comentando sobre “subcelebridades”, ele avaliou o “aumento de famosos” nos dias de hoje: “as pessoas não têm carreiras tão consolidadas quanto antes”. “Antigamente a gente via as novelas e só, hoje tem mais programas e nem todo mundo tem tempo de ver tudo”, opinou.

Com a vida sempre nos holofotes, os famosos estão sujeitos a terem detalhes íntimos revelados na mídia. Para o jornalista, é preciso reconhecer os limites do que publicar. “Faço pouca fofoca de vida pessoal porque sei o quanto é chato invadirem a sua vida com mentiras. Já fiquei sabendo e vi muita coisa que nunca publiquei porque sei o estrago que as coisas causam na vida alheia”, comentou.

“A vida pessoal [dos famosos] deve ser dita, mas com limites”, defendeu. “’Tirar alguém do armário’ é uma grande violência”, afirmou.

Para Fefito, a internet potencializou as notícias falsas e fofocas sem procedências, o que prejudica não só os famosos, mas o jornalismo que apura as informações antes de publicá-las. “Todo mundo fala o que quiser e se acha no direito de ser dono da vida de todo mundo. Me assusta que as pessoas criem notícias”, declarou.