Janaína Lima e Leandro Demori avaliam viagem de Bolsonaro aos EUA

  • Por Jovem Pan
  • 20/03/2019 14h15
Jovem PanLeandro Demori e Janaína Lima foram os convidados do Pânico nesta quarta-feira (20)

A vereadora de São Paulo Janaína Lima (Novo) e o jornalista Leandro Demori, editor-executivo do The Intercept, foram os convidados do Pânico nesta quarta-feira (20) e avaliaram a viagem do presidente Jair Bolsonaro aos Estados Unidos e os frutos que o encontro com Donald Trump rendeu. “A gente cedeu muito e recebeu promessas”, resumiu Demori.

Para o jornalista, o encontro de Bolsonaro com Trump agradou quem elegeu o presidente brasileiro. “Para a imagem do Bolsonaro, para quem votou nele, uma foto com o Trump bastava”, disse.

Já a vereadora paulistana considerou a viagem positiva. “Eu vejo com bons olhos a ida dele aos Estados Unidos, é um grande mercado para o Brasil investir e ser investido”, afirmou Janaína Lima.

OMC e OCDE

Durante a viagem, Bolsonaro e Trump concordaram que o Brasil abriria mão de algumas vantagens que recebe na Organização Mundial do Comércio (OMC) por se declarar como país em desenvolvimento. Em troca, os Estados Unidos iriam apoiar a entrada do país na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Leandro Demori não viu essa jogada como algo positivo. “Ele [Bolsonaro] declarou isso em troca de uma promessa do Trump. É uma promessa que ele pode não cumprir”, explicou. Já Janaína Lima concordou com o presidente. “Se o Brasil entrar na OCDE, vai ser um grande passo”, avaliou.

O jornalista do The Intercept, no entanto, não viu só coisas negativas na viagem de Jair Bolsonaro aos Estados Unidos. Ele gostou da decisão tomada pelo governo brasileiro que isenta turistas dos Estados Unidos, Canadá, Japão e Austrália de terem visto para visitar o Brasil. “A gente precisa trazer mais gente pra cá. Testa um ano ou dois, se não der certo, fecha de novo”, disse.