Marcos Quintela afirma que 'veia empresarial' já vem desde o Dominó

  • Por Jovem Pan
  • 31/08/2018 13h59
Johnny Drum/Jovem PanConfira as imagens da entrevista!

Empresário de sucesso, sócio e CEO do Grupo Newcomm, Marcos Quintela saiu do mundo da música com o Dominó para vencer na vida no mundo da publicidade. Convidado do “Pânico” desta sexta-feira (31), o ex-cantor afirmou que tinha uma cabeça empreendedora desde a época que se apresentava com a boy band brasileira.

“Aconteceu que no próprio Dominó, no auge do grupo, eu me sentia muito mais empresário do que o Afonso, que se interessava em tocar de tudo, por exemplo. O talento dele era absurdo e ele se interessava por isso. Eu já tinha uma cabeça de business man”, relembrou. “Eu analisava estruturas dos shows desde jovem, como funcionava a venda de ingressos, como era a margem de lucros”, completou.

Depois de sua passagem no mundo da música, Quintela migrou para o empresariado, cuidando da carreira da apresentadora Eliana por 11 longos anos. Ele lembra com carinho da estrela da TV e coloca todo o sucesso que ela alcançou em sua vontade de vencer na vida.

“Quando eu saí (do Dominó), já comecei a trabalhar com a Eliana. Achei uma parceira da vida, trabalhamos durante 11 anos juntos. Éramos sócios em quase tudo. A Eliana é totalmente responsável pelo seu próprio sucesso”, elogiou.

Deixar a oportunidade de fama na música para se arriscar em novos campos é algo que Quintela fez com muito prazer e dedicação. Em dias de realities shows que alçam para uma fama rápida e curta, Quintela afirma que a maioria prefere buscar o lado mais fácil para não ter que se sacrificar por algo maior.

“É o lado mais fácil. O lado de não ter que estudar, não ter que se sacrificar. Quantos BBBs você conheceu? Aquele momento de fama a pessoa acha que descobriu o mundo e para de estudar – não estou dizendo todos – a pessoa esquece o chão da fábrica”, apontou.