Núbia Óliiver lembra tratamento para vício em sexo e confessa: “1 homem por mês é pouco”

  • Por Jovem Pan
  • 27/04/2017 14h21
Johnny Drum/ Jovem Pan

Sem medo de falar abertamente sobre sua vida sexual, Núbia Óliiver passou pelo Pânico na Rádio nesta quinta-feira (27) e fez revelações apimentadas. A modelo, que já se relacionou com mais de 400 homens ao longo da vida, lembrou da época em que se viu viciada em sexo e afirmou que ainda quer “ter muitos mais homens”.

“Um homem por mês eu acho pouco para mim”, admitiu a atriz, que ainda revelou que iniciou a vida sexual aos 13 anos: “são 30 anos de sexo”

Apesar de estar na pista para novos relacionamentos, Núbia afirmou que agora tem “um custo”. A modelo se tornou garota propaganda de um site de relacionamento que propõe troca de benefícios entre os usuários e afirmou aderir à técnica.

“Hoje eu quero que pague as minhas contas. Uns 40 mil reais para não ser fiel e 50 ou 60 mil com fidelidade”, falou. “E se pedir para dividir a conta eu juro que bato”, confessou.

Ao longo dos anos, a atividade sexual de Núbia acabou se tornando um vício, o que preocupou a modelo e a fez procurar ajuda. “Eu era ninfomaníaca aos 18 anos e é algo muito sofrido, você nunca está satisfeita e sabe que aquilo não é normal”, lembrou.

“Eu chegava em casa e queria sempre mais, se tornou prejudicial”, disse ao explicar que em algumas das relações não usava camisinha. “Aos 18 anos eu não usava, não tinha nem mentalidade. Mas foi nesse momento [que percebi] que estava sendo prejudicial. Fiz tratamento por 2 anos”, contou.

Recordista de publicações sensuais no Brasil – com direito a título no Guinness Book por seus 17 ensaios –, Núbia afirmou que não pretende parar de ser fotografada exibindo o corpão.

“Enquanto estiver com tudo em dia eu topo”, declarou. A modelo ainda opinou sobre a reformulação dos ensaios da Playboy no Brasil, que a desagradou. “Achei péssima, não combinou”, afirmou.

Aos 43 anos, Núbia Óliiver não tem medo de ser direta em seus relacionamentos. “Estou numa fase que posso escolher. Se está ruim eu vou embora”, falou. A modelo ainda mandou recado para aqueles que a criticam: “a escolha é minha e eu faço com o meu corpo o que eu quiser”.