Tina Roma explica mudança para Miami: "Vou dar uma vida melhor para minha filha"

  • Por Jovem Pan
  • 13/02/2015 13h20
Jovem Pan

Em clima de despedida do Brasil, Tina Roma falou sobre sua mudança para Miami e relembrou a época em que trabalhava na Jovem Pan. Tina deixa o Brasil neste sábado (14). “Eu continuo na TV Record e no Domingo Espetacular, direto lá de Miami”, explicou ela. Seu marido, que trabalha em uma empresa americana de motor a diesel, também conseguiu uma transferência para os EUA, e a família toda vai junta. Um dos principais fatores que motivaram a mudança foi a pequena Giovana, de cinco anos, filha do casal.

“Acho que vou dar uma vida melhor para minha filha lá. O paraíso não existe, mas fico triste de sair de um país que eu gosto, e trabalho com o que gosto, e tenho vários amigos porque estou buscando uma estabilidade melhor para o futuro da minha filha”, contou.

Carioca, Tina passou os anos de adolescência em Brasília, onde montou uma banda com os amigos de escola chamada Requinte Vulgar e acabou entrando em uma rádio. Assim se envolveu no mundo da comunidação e mais tarde estudou jornalismo. “Nunca tive a pretensão de trabalhar em rádio. Entrei porque tinha uma banda, não tive tempo de pensar no que eu queria ser, porque eu tinha 16 anos quando comecei como locutora”, diz.

Depois de se mudar para São Paulo, acabou sendo trazida para a Jovem Pan por Marcelo Eduardo, e relembra com carinho da época em que trabalhava na rádio. “Conheci o tão famoso Tutinha. Mas vocês do Pânico me sacaneavam muito”, descreve. Uma coisa muito importante de sua vida aconteceu no estúdio da rádio. “Estava sentada ali no lugar do Emílio, grávida de oito meses e tive um acesso de tosses, e minha bolsa estourou”, relata. E foi assim que a pequena Giovana nasceu.

Entre seus momentos favoritos foi quando entrevistou Ricky Martin e quando a banda Maroon 5 esteve nos estúdios da Jovem Pan e se encantaram com o tamanho da rádio. “Eles pediram para tirar foto com a logo”, diz.