Imagina o que acontece nos outros órgãos espalhados pelo Brasil?

  • Por Jovem Pan
  • 17/05/2018 11h04

Um País burocrático é um País que incentiva a corrupção. Depois do Ministério do Desenvolvimento Social ter anunciado a demissão do presidente do INSS, Francisco Lopes, o jornal O Globo obteve documentos que revelaram a atuação de outros dois servidores do órgão no processo que resultou no contrato do INSS com a RSX Informática. No valor de R$ 8,8 milhões.

O negócio com a empresa foi formalizado em um contrato assinado no dia 13 de abril. Dez dias depois, o diretor do INSS, Ilton Fernandes e o gestor nomeado, Ornon Vasconcelos, assinaram o documento em que atestaram o recebimento de quatro licenças de software. E liberaram o pagamento de R$ 4,6 milhões à RSX.

O problema é que os técnicos do INSS confirmaram que o documento foi redigido. O dinheiro liberado sem que nenhum produto fosse entregue ao órgão.

Esse é um fato que envolveu o INSS. Imagina o que acontece nos outros órgãos espalhados pelo Brasil?

Assista ao comentário completo: