Vendido a time egípcio, Rodriguinho dá adeus amargo ao Corinthians no clássico

  • Por Estadão Conteúdo
  • 22/07/2018 00h03
DANIEL VORLEY /AGIF/ESTADÃO CONTEÚDOO jogador já não deve mais participar dos treinamentos da equipe paulista e o clube egípcio já confirmou o acerto em sua página no Twitter

Rodriguinho não joga mais pelo Corinthians. O clube acertou neste sábado (21) a venda do meia para o Pyramids, do Egito, por US$ 6 milhões (cerca de R$ 22,6 milhões) e restam apenas alguns detalhes burocráticos e a realização de exames médicos para o acordo ser selado e ele assinar um contrato válido por três temporadas.

O jogador já não deve mais participar dos treinamentos da equipe paulista e o clube egípcio já confirmou o acerto em sua página no Twitter.

Embora esteja com o acordo muito bem encaminhado, Rodriguinho pediu para enfrentar o São Paulo e se despedir da equipe no clássico. O Corinthians ficará com metade do valor, cerca de R$ 11,3 milhões. O Capivariano tem direito a 40% deste montante e o América-MG receberá 10%.

Rodriguinho chegou ao Corinthians em outubro de 2013 e se despede do clube com 174 jogos e 35 gols marcados. O Pyramids é o mesmo time que contratou recentemente o atacante Keno, do Palmeiras, por US$ 10 milhões (cerca de R$ 37,8 milhões) e o técnico Alberto Valentim, que estava no Botafogo.

Com a saída do meia, o técnico Osmar Loss perdeu mais um titular Anteriormente, o zagueiro Balbuena, o lateral-esquerdo Sidcley e o volante Maycon já tinham sido negociados com outros clubes.