Bolsonaro considera Palmeiras campeão do Mundo, e você? Lembre história do título de 51

  • Por Jovem Pan
  • 20/06/2019 10h26
Eduardo Carmin/Estadão ConteúdoBolsonaro é torcedor do Palmeiras

Jair Bolsonaro voltou a declarar, na manhã da última quarta-feira (19), que o Palmeiras será bicampeão Mundial em 2019. Ou seja, o presidente da República, reconhecidamente palmeirense, considera o título da Copa Rio de 1951, realizado no Brasil e vencido pelo Alviverde, como o primeiro campeonato do mundo entre clubes.

Atualmente, no entanto, a Fifa diz que apenas as equipes que ganharam a Copa Intercontinental (entre 1960 e 2004) e o Mundial de Clubes são consagrados como campeões mundiais.

O assunto foi pauta entre torcida, imprensa e Fifa nos últimos anos. Entre reviravoltas, declarações e pedidos de oficialização, o tema gerou discussão nas mais variadas praças públicas espalhadas pelo Brasil.

O debate esquentou ainda mais quando o Verdão, em junho de 2018, enviou uma carta à Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) pedindo para que o órgão oficializasse o torneio da década de 50 como Mundial.

A solicitação dos mandatários do Palmeiras aconteceu meses depois da Conmebol reconhecer os vencedores da extinta Copa Intercontinental como campeões mundiais. No entanto, entidade máxima do futebol da América do Sul respondeu que a decisão cabia a Fifa, que não acatou o pedido.

Contradições de presidentes e “título por fax”

Atual presidente da Fifa, Gianni Infantino, em visita recente ao Brasil, foi questionado se o Palmeiras era, de fato, campeão do mundo. O italiano comentou de forma icônica, deixando claro que o Alviverde não é reconhecido como tal.

“O título mundial do Palmeiras… para os milagres, tem que perguntar para outro, não para mim. Não está como tema. Temos que falar do futuro mais que do passado”, disse.

“Já decidimos dar o título de campeão mundial a todos que ganharam a Copa entre Europa e América do Sul desde 1960. E 1951 é um pouquinho mais para trás. Vamos falar com o presidente Bolsonaro e vamos ver que solução teremos. Mas o Palmeiras pode ganhar o próximo Mundial de Clubes. Por que não?”, continuou.

Já o ex-presidente Joseph Blatter, banido do futebol por casos de corrupção, também foi categórico. Contudo, o antigo mandatário cravou o Verdão como detentor do primeiro título do Mundial.

“Devemos reconhecer que o Palmeiras foi o primeiro campeão mundial de clubes e ponto final. Foi o primeiro”, cravou em entrevista ao UOL.

Em 2014, inclusive, Blatter foi responsável por enviar um “fax” ao Palmeiras, reconhecendo o time como vencedor do Mundial de 1951. A medida gerou grande repercussão, mas foi invalidada posteriormente.

Como foi o torneio?

Em 1951, antiga CBD (Confederação Brasileira de Desportos) organizou o primeiro grande torneio internacional de clubes. A ideia era convidar os campeões nacionais dos países que ficaram nas melhores posições da Copa do Mundo de 1950, disputada no Brasil. O planejamento do torneio foi moldado para ter 16 clubes.

Entretanto, times de países como da Espanha e Suécia, por exemplo, não puderam comparecer. Além disso, algumas agremiações recusaram o convite. Assim, apenas oito equipes participaram da Copa Rio 1951, sendo elas: Palmeiras, Vasco, Juventus (Itália), Nice (França), Nacional (Uruguai), Sporting (Portugal), Áustria Viena (Áustria) e Estrela Vermelha (Sérvia).

Divididos em dois grupos de quatro clubes, as equipes se enfrentaram entre sim. Os dois melhores ranqueados de cada chave se enfrentaram na semifinal. Em duas partidas, o Verdão passou pelo Vasco, enquanto a Juventus despachou o Áustria Viena.

Já nas finais, ambas realizadas no Maracanã, os paulistas venceram a partida de ida por 1 a 0 e empataram a segunda com os italianos em 2 a 2 para levantar o troféu.

O campeonato foi tratado por alguns veículos de comunicação da época como um torneio Mundial. Ainda assim, a competição não foi organizado pela Fifa, autoridade máxima.

Palmeiras campeão Mundial de 2019?

O Palmeiras é um dos grandes favoritos a conquistar a Taça Libertadores da América, torneio que dá ao vencedor uma vaga no Mundial de Clubes. Dono da melhor campanha na fase de grupos, o time treinado por Luiz Felipe Scolari está em alta no Brasileiro, liderando de forma invicta.

Nas oitavas de final, o adversário do Palestra será o Godoy Cruz. A primeira partida está marcada para o dia 23 de julho, na Argentina. Já o embate de volta acontecerá o dia 30 do mesmo mês, no Allianz Parque.

Caso conquiste o seu segundo torneio da Libertadores, o Palmeiras disputará o Mundial. Atual campeão da Liga dos Campeões da Europa, o Liverpool é o principal favorito ao título.