Veja quais serão os 7 maiores desafios de Felipão no Palmeiras

  • Por Jovem Pan
  • 27/07/2018 17h23
Cesar Greco/ Agência PalmeirasFelipão fará terceira passagem pelo Palmeiras

Luiz Felipe Scolari, o Felipão, chegará ao Palmeiras com uma missão difícil. A torcida está insatisfeita e quer pelo menos um título nas 3 competições que o time ainda disputa – Copa Libertadores, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil. E para conseguir isso Felipão terá que superar 7 grandes desafios.

Reconquistar e acalmar a torcida

Os palmeirenses estão enfurecidos porque criaram altas expectativas desde 2017 e até agora não conseguiram títulos. A principal torcida organizada do clube, Mancha Alvi Verde, até emitiu um comunicado pedindo demissão do diretor de futebol Alexandre Mattos.

Além disso, a relação entre Felipão e a torcida do Palmeiras está estremecida. Em 2012 ele foi demitido pouco antes do time ser rebaixado e é considerado um dos culpados pela queda. Além disso, em 2014, quando treinava o Grêmio, Felipão enfrentou o Verdão no Pacaembu e foi ironizado. “Não é mole não, o Felipão afundou a Seleção” gritaram os palmeirenses, em referência à tragédia do 7 a 1 na Copa do Mundo.

Equilibrar o time mentalmente

O elenco do Palmeiras costuma mostrar diferentes problemas psicológicos. Em alguns jogos, principalmente os mais importantes, fica nervoso e pilhado demais. Em outros, especialmente contra adversários mais frágeis, parece mole e acomodado, cedendo empates e tomando viradas bobas. Felipão sempre foi famoso por trabalhar bem a parte mental dos jogadores. Isso pode ser o grande mérito dele.

Resgatar astros

Dudu, Moisés e Lucas Lima são os principais astros do time atualmente, mas não estão rendendo tudo que podem. Os 2 primeiros tiveram problemas com negociações recentemente. O primeiro queria ser negociado com um time chinês, mas não foi e ficou insatisfeito. Já o meia pediu renovação e aumento salarial após recusar proposta de um time dos Emirados Árabes Unidos. Felipão precisa fazer com que eles esqueçam isso e também encontrar o melhor posicionamento para Lucas Lima se destacar.

Adaptar Gustavo Scarpa

Com a saída de Keno, automaticamente Gustavo Scarpa entrou na ponta direita do Palmeiras. Não dá para saber se Felipão manterá esse posicionamento. Mas seja como for, o meia está em fase de adaptação ao Verdão e precisa encontrar a melhor forma de jogador. Ele tem potencial para também ser um astro do time, mas por enquanto não se encontrou.

Resolver o problema Felipe Melo

Com Roger Machado, Felipe Melo se consolidou como titular absoluto do time e um dos principais líderes. Mas ele não se destacou em campo, errou em muitos lances e ainda prejudicou o time com polêmicas e suspensões. O mais óbvio agora seria colocá-lo no banco de reservas. Mas isso é perigoso, afinal Felipe é um líder interno no elenco e pode tumultuar o vestiário. Felipão precisa lidar com isso com cuidado.

Definir formação da zaga

Antônio Carlos e Edu Dracena costumam ser os titulares da zaga, mas não convencem desde o começo do ano. O primeiro alterna boas atuações com falhas fatais. O outro mostra qualidade e limitação física na mesma proporção. Thiago Martins, Luan e Nico Freire são as outras opções para o setor.

Dar chances a jovens

O Palmeiras está com muitos jovens de potencial no elenco e na categoria sub-20, mas eles encontram dificuldades para ter chances no time profissional. O defensor Pedrão, o meia Vitinho e o atacante Artur são os principais candidatos a receber oportunidades.