Corrida de São Silvestre é decidida no final e brasileiros ficam fora do pódio de novo

  • Por Jovem Pan
  • 31/12/2018 10h22
MISTER SHADOW/ASI/ESTADÃO CONTEÚDOBelahy superou o favorito da prova masculina e foi o vencedor

A Corrida de São Silvestre de 2018 teve duas chegadas emocionantes, nesta segunda-feira (31). O etíope Belahy Bezabh e a queniana Sandrafelis Tuei, que venceram, só assumiram a liderança na parte final da prova, após a subida da Avenida Brigadeira Luis Antônio. Já os brasileiros decepcionaram de novo e ficaram fora do pódio, tanto no masculino quanto no feminino – algo que já tinha acontecido em 2017.

A prova feminina aconteceu primeiro. Não existia uma favorita na disputa, mas a queniana Pauline Kamulu liderou a corrida na maior parte do tempo. Ela só foi ultrapassada justamente no final da subida da Brigadeiro. Tuei assumiu a liderança, disparou na reta final e foi a vencedora.

O pódio foi completado por Kamulu, Mestawut Truneh, Esther Kakuri e Birthukan Alemu, nesta ordem. A melhor brasileira foi Jenifer Nascimento Silva, que terminou em 8º lugar.

Na prova masculina o favorito era o bicampeão bahrenita Dawit Admasu, que liderou a prova durante boa parte do tempo. Mas Bezabh conseguiu uma arrancada na subida da Brigadeiro, disparou na frente e foi o vencedor.

O pódio foi completado por Admasu, Amdework Tadese, Emmanuel Gisamoda e Maxwell Rotich, que chegaram nessa ordem. O melhor brasileiro foi Giovani dos Santos, que terminou no 8º lugar.