Projeto para pedir adiamento do Brexit é aprovado no parlamento britânico

  • Por Jovem Pan
  • 14/03/2019 16h20
EFECâmara dos Comuns quer novo prazo fixado, no máximo, até 30 de junho

O parlamento do Reino Unido aprovou nesta quinta-feira (14) o projeto que orienta o governo da primeira-ministra Theresa May a pedir o adiamento do Brexit – processo de separação da União Europeia – pelo menos até o dia 30 de junho deste ano. Uma extensão mais longa poderia exigir a participação dos britânicos na eleição do Parlamento Europeu, o que – afinal – acabaria não fazendo sentido na situação de saída do bloco.

Ao todo, foram 412 votos a favor e 202 contra a prorrogação do prazo, que terminaria no próximo dia 29 de março. No entanto, a extensão exata que será pedida vai depender do terceiro voto do acordo do Brexit proposto por May. O governo pretende apresentar a terceira proposta, promovendo a votação, na semana que vem. Se for aprovado o acordo até 20 de março, a solicitação à União Europeia será pelo adiamento da separação até 30 de junho.

Votações

O parlamento do Reino Unido havia rejeitado mais cedo uma emenda que previa uma segunda consulta popular para o Brexit, como ficou conhecida a saída dos britânicos da União Europeia. Foram 334 votos contra e 85 a favor.

Esta foi a primeira votação de uma série de pautas sobre o tema. O adiamento ou a extensão do prazo para o Brexit, previsto em um artigo do Tratado de Lisboa, também vai passar pela apreciação dos parlamentares. Inicialmente, a data final seria 29 março.

Na quarta-feira (13), em votação apertada, a Câmara dos Comuns já havia descartado uma eventual saída do bloco sem acordo em “qualquer momento e em qualquer cenário”. A única opção, agora, é a prorrogação do prazo, que será proposta hoje.

Nesta terça (12), a primeira-ministra Theresa May sofreu grande derrota com a rejeição pelo parlamento de uma segunda versão acordo alinhado com a União Europeia, cujo principal entrave era sobre fronteira entre as Irlandas, que pertencem ao reino.